« Página principal | Incêndios florestais ainda por prevenir » | The Earth is about to catch a morbid fever that ma... » | Governo Aposta na Promoção da Educação Ambiental » | Portugal em 11º entre 133 países em performance am... » | Galheteiros descartáveis "são retrocesso ambiental... » | Portugal deverá falhar meta europeia de reciclagem... » | Municípios devem passar a ficar com parcela do IRS... » | Sweden aims to be world's first oil-free country » | Risco de incêndio maior do que o do ano passado » | Captar energia em alto mar » 

10 março 2006 

Aumentar ciclovias e zonas pedonais

Da sondagem à população do Grande Porto sobre o tema da Mobilidade, realizada no ano passado ao abrigo do projecto Futuro Sustentável, as prioridades apresentadas pela população apontam para a criação de mais ciclovias e zonas pedonais.

"A proposta é para a criação de uma rede regional de ciclovias em toda a orla costeira do Grande Porto que dê continuidade aos percursos já existentes", referiu ontem Nuno Quental, coordenador do grupo de trabalho para a Mobilidade, acrescentando que o ideal seria a construção de pontes pedonais sobre os rios desta orla. Paralelamente será entregue um manual às autarquias sobre os perfis indicados para as ciclovias. "Trata-se de ensinar o Pai Nosso ao vigário", comentou o ambientalista aos jornalistas, reconhecendo que as câmaras já têm conhecimento sobre esta matéria. Do plano de acção para ser levado a cabo até 2010 consta também a criação de parques para bicicletas em locais públicos como escolas, centros de saúde e estações do metro. Só no Porto, e em 2005, existiam 61 quilómetros de ruas destinadas a peões e ciclovias, quando o proposto era 147 quilómetros.

Educação ambiental
Outra das preocupações do projecto Futuro Sustentável é a criação de uma rede regional de educadores para a sustentabilidade. Marta Pinto, coordenadora deste grupo temático, admite existir já um número suficiente de Centros de Educação Ambiental, perto de 30 no Grande Porto, que têm de passar a funcionar em rede. Nesta matéria está ainda prevista a formação um fundo de apoio a projectos escolares, a edição de material pedagógico para ser distribuído pelas escolas e a promoção de ecoclubes onde os jovens têm um papel mais interventivo.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=5b4c8fd7bd851e3c22c2b89895d790a3

Acerca da Cimeira

  • CIMEIRA do AMBIENTE, SEGURANÇA e QUALIDADE
  • 18-20 de Maio de 2006
  • EXPONOR - Feira Internacional do Porto
Powered by Blogger
e Blogger Templates