« Página principal | Aeroporto concluído em Junho » | Ponte pedonal une ribeiras » | China lança roupa ecológica de milho e bambu » | História e modernidade » | Primeira obra da Porto Vivo, SRU em fase de conclu... » | Governo avança com Informação Predial Única » | Chuvas afastam cenários mais pessimistas de seca e... » | Chernobyl: A poisonous legacy » | EXPONOR com quatro sectores em balanço, de 18 a 20... » | Barragens são risco para estuários » 

03 abril 2006 

Alunos da ESAD ajudam a qualificar Parque de Real

Joana Felizes

Arrancou, ontem, um projecto de colaboração entre a Câmara Municipal de Matosinhos e a Escola Superior de Arte e Design (ESAD) para a qualificação do Parque Urbano de Real. O ponto de partida para esta parceria foi uma conferência dos arquitectos Manuel Graças Dias e Maurizio Vogliazzo sobre "Espaços de Proximidade - Intervir no Parque Urbano de Real".

O referido espaço foi já intervencionado, estando o projecto apenas concluído a um terço daquilo que se prevê. Com a colaboração com a ESAD, pretende-se que o parque, que está já em crescimento, seja potenciado.

Durante a tarde de ontem, os alunos envolvidos na parceria foram ao local, para fazer o reconhecimento do terreno. O arquitecto responsável pela orientação do projecto é o italiano Maurizzio Vogliazzo, que colaborou anteriormente com a ESAD na intervenção no jardim das Sete Bicas, na Senhora da Hora.

Os grupos de trabalho serão nove, tendo cada um deles cinco estudantes da ESAD. Paralelamente, alguns alunos de Maurizzio Vogliazzo da Faculdade de Milão também vão trabalhar no projecto. No final de Maio será apresentada a proposta final.

Para Manuel Graça Dias, "é necessário que o parque tenha algum equipamento ligeiro que possa atrair um grande número de pessoas, de todos os escalões etários". Outra questão que o arquitecto considera fundamental é a existência "de percursos confortáveis e rápidos para aqueles que quiserem atravessar o parque".

O responsável pela orientação do projecto considera que "se trata de transformar um terreno muito interessante num organismo efectivamente vital para o funcionamento urbano". Para Maurizio Vogliazzo, "a palavra-chave é encontrar a identidade precisa do parque, de forma a dar conforto quotidiano aos cidadãos".

http://jn.sapo.pt/2006/03/31/porto/alunos_esad_ajudam_a_qualificar_parq.html

Acerca da Cimeira

  • CIMEIRA do AMBIENTE, SEGURANÇA e QUALIDADE
  • 18-20 de Maio de 2006
  • EXPONOR - Feira Internacional do Porto
Powered by Blogger
e Blogger Templates