« Página principal | A criar pontes entre cidades de hoje... e de amanh... » | Três milhões no metro em Março » | QUERCUS toma pulso à ecoconstrução » | Plano da Agenda 21 Local implementado » | Números verdes... » | Agricultura biológica a caminho » | Green.tv: PNUA Lança Primeiro Canal de Banda Larga... » | Cimeira com blogue » | Delibes: 'Si la extinción sigue a este ritmo, en 2... » | Renovação do Bom Jesus » 

10 abril 2006 

Porto Vivo estuda 11 quarteirões nos Aliados

A Porto Vivo - Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU) está a preparar os documentos estratégicos para a reabilitação de 11 quarteirões na zona da Avenida dos Aliados , que integra as praças da Liberdade e de General Humberto Delgado e as ruas do Almada e do Bonjardim.

O único núcleo daquela área de intervenção já com programa definido é o do Palácio das Cardosas. O presidente do Conselho de Administração da SRU, Arlindo Cunha, garante que o levantamento cadastral, económico e social dos Aliados, iniciado no final de Setembro do ano passado, encontra-se concluído. Avança, agora, a execução dos 11 documentos estratégicos para posterior análise e aprovação pela Câmara e pela Assembleia Municipal.

Ainda esta semana, o presidente da autarquia, Rui Rio, promoveu uma reunião com os proprietários dos principais edifícios nos Aliados - são, sobretudo, responsáveis de instituições bancárias e de seguradoras -, em que esteve presente, também, a equipa da SRU. O objectivo foi apresentar as linhas estratégicas de renovação da Baixa e sensibilizar os proprietários para o programa.

Restaurantes e esplanadas
"Há investidores interessados em tomar conta da recuperação de alguns quarteirões nos Aliados e estamos a estabelecer relações com os proprietários para fazer avançar o processo", assinalou, ao JN, Arlindo Cunha, realçando que o eixo Aliados/Mouzinho/Infante é prioritário para a SRU, enquanto sala de visitas da cidade.

Recorde-se que, como noticiou o JN, o Palácio das Cardosas foi adquirido pelo fundo imobiliário Prestige, gerido pela Espírito Santo Activos Financeiros, ao grupo Millennium BCP. A alienação foi acordada em Janeiro, com a ambição de transformar o edifício numa unidade hoteleira de luxo de cinco estrelas (com nove mil metros quadrados e 105 quartos).

Os responsáveis pelo fundo imobiliário Prestige procuram um investidor credível na cidade do Porto para colaborar no projecto de reconversão da totalidade do quarteirão das Cardosas para acolher habitação para a classe média-alta, escritórios e comércio.

A Câmara do Porto e a SRU esperam por novas parcerias e investidores nos Aliados, assinalando a disponibilidade para analisar projectos que contemplem alteração aos usos dos imóveis. Os documentos estratégicos, que a Porto Vivo irá elaborar, também deverão reflectir a aposta na criação de estabelecimentos de restauração e de esplanadas que possam trazer vida à avenida central da cidade do Porto.

http://jn.sapo.pt/2006/04/08/porto/porto_vivo_estuda_quarteiroes_aliado.html

Força continuem o bom trabalho.

Enviar um comentário

Acerca da Cimeira

  • CIMEIRA do AMBIENTE, SEGURANÇA e QUALIDADE
  • 18-20 de Maio de 2006
  • EXPONOR - Feira Internacional do Porto
Powered by Blogger
e Blogger Templates