« Página principal | Comércio tradicional pode abrir ao domingo » | O regresso do eléctrico » | Complexo enche-se de domingueiros » | Reabilitação do Quarteirão Piloto das Cardosas apr... » | Vamos ficar de fora da energia eólica a sério » | GE instala maior central solar do mundo em Serpa » | Quase 300 mil toneladas de resíduos aguardam soluç... » | Projecto da Bouça concluído » | Projecto inédito de habitação sustentável nasce em... » | Lamego: Serra das Meadas assina protocolo com Parq... » 

08 maio 2006 

Sensibilizar automobilistas para condução com cortesia

Clara Vasconcelos

Carros estacionados em segunda fila ou em cima dos passeios e alguns excessos de velocidade foram algumas das situações mais vistas, ontem, durante as comemorações do "Dia Nacional da Cortesia ao Volante", pela primeira vez assinalado em Portugal.

Um autocarro da Carris percorreu algumas artérias de Lisboa, transportando os secretários de Estado da Administração Interna, Ascenso Simões, dos Transportes, Isabel Vitorino, o comandante da PSP, Oliveira Pereira, o director-geral de Viação, governadora civil de Lisboa e membros da Associação dos Cidadãos Auto-Mobilizados (ACA-M), que promoveu a iniciativa. A data foi escolhida pelo o ex-presidente da República, Jorge Sampaio, no final da sua presidência temática sobre segurança rodoviária, na primeira semana de Maio do ano passado. Mas quem fez a proposta foi a ACA-M, inspirada numa iniciativa idêntica levada a cabo por uma sua congénere francesa. A ideia é sensibilizar os automobilistas para adoptarem uma atitude cortês ao volante.

Ontem, foram distribuídos os 15 mandamentos que promovem esse tipo de comportamento. Os franceses têm apenas dez, mas, como explicou João Manuel Ramos, presidente da ACA-M, há situações específicas dos portugueses que obrigaram a aumentar o número de mandamentos. Por exemplo "não conduzirás colado à traseira do carro que circula à tua frente", ou "não estacionarás em cima dos passeios". Maus hábitos que, segundo João Manuel Ramos, os franceses não têm.

Num texto lido por Rui Zing, membro da ACA, é destacada a ideia de que a auto-regulação, através de um comportamento "adulto, consciente e responsável", "é a melhor forma de evitar sermos controlados pelo "big brother" dos radares, câmaras de videovigilância e caixas negras".

Durante a viagem, Oliveira Pereira disse que, no ano passado, em Lisboa, foram passadas 130 mil multas de estacionamento e accionados mais de 180 mil reboques e bloqueadores, para além de terem sido detidas mais de duas mil pessoas por excesso de velocidade. Números elevados, mas que parecem revelar que as "pessoas estão nitidamente nas tintas para as multas", comentou.

15 MANDAMENTOS

1.º - Não utilizarás o veículo como instrumento de agressão;
2.º - Se conduzires, não beberás nem consumirás produtos que alterem o teu estado normal;
3.º - Darás sempre prioridade aos peões;
4.º - Zelarás pelo transporte seguro dos ocupantes;
5.º - Respeitarás os limites de velocidade;
6.º - Não utilizarás o telemóvel;
7.º - Não estacionarás onde prejudicares a passagem e visibilidade dos peões;
8.º - Vigiarás o estado do veículo;
9.º - Não perderás a paciência quando a via estiver obstruída;
10.º - Pararás sempre no Stop;
11.º - Não estacionarás nas passadeiras;
12.º - Manterás a calma quando circulares atrás de um carro de instrução;
13.º - Reduzirás a velocidade em locais de trânsito de peões;
14.º - Não conduzirás encostado à traseira do carro que circula à tua frente;
15.º - Adequarás a tua condução às condições atmosféricas e da via.

http://jn.sapo.pt/2006/05/06/sociedade_e_vida/sensibilizar_automobilistas_para_con.html

Acerca da Cimeira

  • CIMEIRA do AMBIENTE, SEGURANÇA e QUALIDADE
  • 18-20 de Maio de 2006
  • EXPONOR - Feira Internacional do Porto
Powered by Blogger
e Blogger Templates